Programação Semanal 14 a 19 de abril

Se você visita com frequência o Solar do Jambeiro ou atentamente acompanha os nossos folders mensais, já deve saber que semanalmente o Solar apresenta variadas atividades culturais, sempre com o intuito de oferecer ao público opções de lazer com muita qualidade e bom gosto. Mas para você que ainda desconhece nossas atrações, enxugue as lágrimas e confira a programação semanal de 14 a 19 de abril, que está imperdível!

As cinco exposições continuam em apresentação nesta semana, e vale ressaltar que a visitação ocorre de terça a domingo, sempre das 10h às 18h.

Exposição | “A PRAIA” (THE BEACH)

A bela exposição de pinturas intitulada “A Praia”, do artista americano John Nicholson, fica até o dia 26 de abril e nos revela as deslumbrantes cores das praias cariocas, seu agitado cotidiano e suas particularidades(Livre para todas as idades | Terça a domingo | Visitação: 10h às 18h)

Foto

 

 

 

 

 

 

Exposição | Projeto Nossas Orquídeas | UM DIA NA VIDA DE ELAISA

Projeto Nossas Orquídeas, com a exposição “UM DIA NA VIDA DE ELAISA”, de Elisa Kayat continua a manter abertas as portas do orquidário. A proposta da autora é proporcionar, através de fotografias que procuram narrar de forma lúdica e divertida um dia na vida da boneca de pano Elaisa, o retorno à infância, por meio de uma percepção delicada e divertida da vida. Entre as 10h e as 18h, o público tem a oportunidade de conferir as obras expostas por todo o interior do orquidário. (Livre para todas as idades | Terça a domingo | Visitação: 10h às 18h)

Foto19_MaquinaFotografica

 

 

 

 

 

 

Exposição | Sala da Resistência | DITADURA EM NITERÓI

A Comissão da Verdade em Niterói realiza a exposição “Ditadura em Niterói”, que busca apresentar alguns documentos e depoimentos relativos aos anos nos quais a cidade sofreu com o autoritarismo militar, atribuindo ênfase aos sombrios espaços de prisão e tortura de presos políticos. (Indicação: A partir de 14 anos | Terça a domingo | Visitação: 10h às 18h)

10930074_784491331636226_2128871915489012973_n

 Exposição | Sala da Diversidade | EULA – UM TRIBUTO À DIVERSIDADE

A exposição apresenta a trajetória do artista transformista José Manoel Antiqueira, mais conhecido como Eula Rochard, um niteroiense que, com seus mais de 30 anos de carreira, tem contribuído para o movimento. (Livre para todas as idades | Terça a domingo | Visitação: 10h às 18h)

11046659_784490334969659_8177348674230600491_n

 

 

 

 

 

 

 

 

Exposição | Sala Almanaque | ARTE NA RUA – FOTOGRAFIAS DE LEO ZULLUH

Localizada no térreo, a Sala Almanaque, destinada a apresentar os projetos culturais da Fundação de Arte de Niterói e da Secretaria de Cultura, continua a apresentar a exposição Arte na Rua – Fotografias de Leo Zulluh, na qual são exibidos registros das atividades do projeto Arte na Rua pela perspectiva do fotógrafo Leo Zulluh. (Livre para todas as idades | Terça a domingo | Visitação: 10h às 18h)

10887674_767569646661728_6347283346843559322_o

 

 

 

 

 

 

Terça-feira, 14 de abril

A peça teatral O Leite da Jacaroa apresenta mais um espetáculo, abrilhantando o Projeto Terças de Teatro. A divertida história conta as peripécias de um servo que, para atender aos desejos de sua patroa grávida, realiza uma verdadeira jornada em busca do exótico e misterioso leite de jacaroa. Não se esqueça de que atração começa sempre às 20h e a distribuição das senhas acontece 30 minutos antes de seu início. (Livre para todas as idades | Início: 20h | Duração: 60 min | Público: 60 pessoas | *Senhas distribuídas meia hora antes do início do espetáculo)

1008221_797101113708581_3796009047609657516_o

 

 

 

 

 

 

Quinta-feira, 16 de abril

Abrindo com pé direito o Projeto Telas Solares, a Mostra de Curtas Solar, realizada pelo Solar do Jambeiro em parceria com a Niterói Filmes, apresenta cinco curtas-metragens nesta quinta-feira. “Emergir” (2014), “Casa Tomada” (2013), “É assim que se faz” (1987), “Sorria, você está morto” (2011) e “Mulher sem pecado”. A proposta é que o público, além de assistir aos filmes, possa também discuti-los, promovendo uma reflexão crítica acerca dos mesmos. (Livre para todos os públicos | Início: 20h | Duração: 60 min | Público: 60 pessoas)

Foto

 

 

 

 

Sexta-feira, dia 17 de abril / Sábado, dia 18 de abril

Na sexta-feira, dia 17 de abril, o teatro continua no Solar do Jambeiro, e neste dia é a vez da galera do “Eu Odeio Cássia Eller” ocupar o casarão nobre! A comédia traz a história de um casal prestes a se casar que resolve discutir a relação na frente de seus convidados e do padre, por meio de flashbacks que envolvem todos que estão no altar. No sábado, dia 18 de abril os atores voltam ao Jambeiro para mais uma divertida apresentação.  Ingressos serão vendidos a partir das 19h e os preços variam entre R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia). (Livre para todas as idades | Início: 20h | Duração: 60 min | Público: 60 pessoas | *Ingressos vendidos pela produção da peça nos dias das apresentações do espetáculo)

Flyer

Domingo, dia 19 de abril

Logo pela manhã, o Projeto Ciranda, Cirandinha, apresenta o grupo HISTÓRIAS DO ARCO DA VELHA, responsável pelas contações lúdicas que farão a crianças se divertirem de montão neste mês de abril. “O Ideal do Soldadinho” será a história deste domingão, e seu início está previsto para as 11 horas da manhã. Lembramos sempre que as senhas são distribuídas meia hora antes do início, portanto, às 10h30. (Livre para todas as idades | Início: 11h | Duração: 60 min | Público: 60 pessoas | *Senhas distribuídas meia hora antes do início do espetáculo)

Foto

Fechando a programação semanal, o Projeto Sarau no Solar conta, neste domingo, com a participação do renomado pianista Marcos G. Leite, que realizará um concerto solo no qual apresentará um repertório com grandes nomes da música erudita. (Livre para todas as idades | Início: 17h | Duração: 60 min | Público: 60 pessoas | *Senhas distribuídas meia hora antes do início do espetáculo)

Foto

Não podemos esquecer que, durante todo o mês de abril, estamos recebendo como ingresso simbólico para as nossas atividades, leite em pó, que será doado à Casa Maria de Magdala.

A Casa Maria de Magdala, no Sapê, em Niterói, tem mais de 20 anos de trabalhos sociais. Fundada por Renê Pessa, seu objetivo é promover, através do voluntariado, ações integradas de educação e assistência social para pessoas portadoras do vírus da AIDS.

Logo_CasaMariadeMagdala

 

 

 

 

Vem pro Jambeiro! Esperamos você! #vemprojambeiro

EU ODEIO CÁSSIA ELLER

Em cena noivo e noiva, o momento definitivo na vida de um casal, diante do altar, padre, convidados, surge a dúvida antes do salto…

Este é o cenário do espetáculo teatral Eu Odeio Cássia Eller, que estreia no Solar do Jambeiro hoje, 10 de abril, às 20h.

Você é o convidado especial para esta “cerimônia” que vai provocar muito riso e emoção.
Com velhos conhecidos do Solar, Anselmo Fernandes, Flávia Pepe, Rosângela Andrade (7 Contra 1) e novos, Léo Moreira, a peça, a exemplo do espetáculo anterior da Lobianco Produções, promete aquela sensação de se estar dentro da cena, já conhecida dos frequentadores da casa.

Anselmo Fernandes é Pedro Henrique: “o amor é a mola mestra de todos…”
201504_EuOdeioCassiaEller_004_AnselmoFernandes

Rosângela Andrade é Márcia Maria: .”nunca liguei para estas coisas de padre,igreja,festa…”
201504_EuOdeioCassiaEller_007_RosangelaAndrade

Flávia Pepe é Lorraine: “eu vou te mostrar minha luz interior…”
201504_EuOdeioCassiaEller_005_FlaviaPepe

Léo Moreira é o Medium Marcelo: “eu tenho pressão alta, vivo à base de Neosaldina, sou cartomante, bruxo e ainda vendo Jequiti…”
201504_EuOdeioCassiaEller_006_LeoMoreira

A peça será encenada às sextas e sábados, às 20h, durante o mês de abril e maio. O ingresso: R$ 30 | inteira e R$ 15 | meia (segundo a legislação).

Porque eles odeiam Cássia Eller? Ah, venha conferir.

Flyer

Ficha técnica:

Texto e direção: Anselmo Fernanades
Concepção musical: Renato Badeco
Cenografia: Rafael Fiuza
Iluminação: Ricardo Lyra Jr.
Figurinos: Tina Faria
Adereços: Fabrizia Ferreira
Elenco: Flavia Pepe, Rosangela Andrade, Leo Moreira e Anselmo Fernandes
Apoio técnico: Igor Lobianco
Sonoplastia e produção: Ana Lobianco

Serviço:
Eu odeio Cássia Eller
Datas: Todas sextas e sábados de abril e maio de 2015 (exceto 24 de abril)
Horário: 20h
Ingressos: R$30,00
Duração: 60min
Classificação etária: livre

Exposição “Um Dia na Vida de Elaisa”

 A partir do próximo sábado, o Solar do Jambeiro terá novidade: a nossa estufa, historicamente um orquidário, voltará a funcionar, mas com nova missão.

Foto19_MaquinaFotografica

 De 12 a 26 de abril, o Projeto Nossas Orquídeas, de ocupação do antigo Orquidário do Solar do Jambeiro, promoverá a exposição “Um Dia na Vida de Elaisa”, da fotógrafa niteroiense Elisa Kayat. Uma sequência fotográfica contará histórias de Elaisa, boneca de pano dada como presente a Elisa, que ganha vida própria. Um mergulho nas reminiscências e na memória dos adultos que vivenciaram uma infância do brincar de boneca e de casinha.

 Com um olhar delicado e muito sensível para o simples, Elisa Kayat reafirma os laços de fraternidade e de cooperação, necessários à existência sadia no mundo contemporâneo. Do criar as situações à escolha do ângulo de registro, a exposição é uma pedra burilada pela docilidade da alma de uma verdadeira artista.

A ARTISTA

 Elisa Kayat é fotógrafa formada pela Sociedade Fluminense de Fotografia e pelo Ateliê da Imagem. Já fotografou para o Teatro Municipal de Niterói e eventos da Secretaria de Cultura e Fundação de Artes de Niterói. É uma pessoa de grande sensibilidade, que vê a beleza nos momentos mais simples da vida como uma bela manhã de sol, um almoço com uma amiga ou uma simples boneca de pano. Sua doçura a permitir ver o mundo com um filtro de alegria, o que lhe dá o sorriso sempre no rosto.

 

Texto: Pablo de Pão | Fotografia: Elisa Kayat

“(RE)MANDO”, de Fernando Campos

Foto_Capa

“Quantas vezes nos perdemos,

mesmo sabendo o caminho de volta?”

(Fernando Campos, “(Re)mando”)

 Hoje, às 20h, no Projeto Quintas da Palavra, o professor Fernando Campos lançará sua obra “(Re)mando” no nosso Solar do Jambeiro.  O livro de vinte nove poemas foi publicado pela editora carioca Autografia. “Escolhi 29 por ser um número cabalístico para mim, o 2 e o 9 levam ao estado de euforia ou à melancolia, assim como as minhas poesias, foi tudo pensado”, diz o autor.

A OBRA E O PROCESSO DE CRIAÇÃO

Segundo a professora adjunta do departamento de Letras da UERJ e coordenadora local do Mestrado Profissional de Letras, Andréa Rodrigues, que assina a orelha do livro do poeta, o “mergulho” é imperdível: “Vivenciar a experiência estética do fazer poético de Fernando se traduz em possibilidades criativas de repensar e refazer labirintos e/ou caminhos”.

Foi assistindo “The Hours” de Michael Cunningham, que Fernando se apaixonou pela escritora Virginia Woolf, e começou a rabiscar os primeiros poemas: “Talvez venha dela o ar melancólico das minhas poesias. Alguns poemas demorei anos para terminar, outros surgiram em alguns dias como “Vida” – uma pequena homenagem a mãe de uma amiga que faleceu e que marcou minha vida de um jeito muito especial” – diz.

Fernando sempre foi um observador das pequenas coisas, das atitudes mais inquietas, dos sentimentos mais esdrúxulos. O pousar da mão de uma velha senhora, o olhar desconcentrado de uma criança faminta, o balançar descompassado de uma árvore, o andar retraído de uma tímida moça e até mesmo dos seus próprios movimentos.

“(Re)mando” é fruto de uma inspiração próxima a um suspiro, sem ser vago ou semântico, o livro promove, através de situações reais, em cada poema, uma construção visceral, optando por “não estancar o sangue”, quase que como uma valsa poética, uma ferida aberta de pensamentos tortuosos e possíveis.

O AUTORFoto_Autor

Fernando Campos, morador de Niterói há 35 anos, formou-se em Letras (Português/Literaturas) pela UNESA em 2010, onde defendeu em seu projeto final de curso o embate poético de duas grandes figuras da literatura portuguesa: Florbela Espanca e Mario de Sá Carneiro. Durante os estudos, criou a página no Facebook “Café, poema e a conta”, com mais de 1000 seguidores, na qual expõe seus poemas e artigos literários. Hoje atua como professor de uma tradicional escola de Araruama (RJ).

Texto: Pablo de Pão | Fotografias: Divulgação

Programação semanal 07 a 12 de abril

Semana pós comemoração pascoal em andamento, depois de toda a malhação do coitado do Judas e para comemorar os quilinhos adquiridos com a glutonaria cacaueira promovida pelo tal coelhinho, o Solar do Jambeiro tem o prazer de apresentar a sua programação semanal de 07 a 12 de abril!

Não esquecendo que, durante o mês de abril, estamos recebendo como ingresso simbólico para as nossas atividades, leite em pó, que será doado à Casa Maria de Magdala.

A Casa Maria de Magdala, no Sapê, em Niterói, tem mais de 20 anos de trabalhos sociais. Fundada por Renê Pessa, seu objetivo é promover, através do voluntariado, ações integradas de educação e assistência social para pessoas portadoras do vírus da AIDS.

Logo_CasaMariadeMagdala

As quatro exposições continuam a todo vapor nesta semana e, se você está aflito por ainda não tê-las conferido, acalme seu coraçãozinho atribulado e alegre-se com mais esta oportunidade! Lembrando sempre que a visitação ocorre de terça a domingo, das 10h às 18h.

Exposição | “A PRAIA” (THE BEACH)

A bela exposição de pinturas intitulada “A Praia”, do artista americano John Nicholson, fica até o dia 26 de abril e nos revela as deslumbrantes cores das praias cariocas, seu agitado cotidiano e suas particularidades. (Livre para todas as idades | Terça a domingo | Visitação: 10h às 18h)

Foto

Exposição | Sala da Resistência | DITADURA EM NITERÓI

A Comissão da Verdade em Niterói realiza a exposição “Ditadura em Niterói”, que busca apresentar alguns documentos e depoimentos relativos aos anos nos quais a cidade sofreu com o autoritarismo militar, atribuindo ênfase aos sombrios espaços de prisão e tortura de presos políticos. (Indicação: A partir de 14 anos | Terça a domingo | Visitação: 10h às 18h)

10930074_784491331636226_2128871915489012973_n

Exposição | Sala da Diversidade | EULA – UM TRIBUTO À DIVERSIDADE

A exposição apresenta a trajetória do artista transformista José Manoel Antiqueira, mais conhecido como Eula Rochard, um niteroiense que, com seus mais de 30 anos de carreira, tem contribuído para o movimento. (Livre para todas as idades | Terça a domingo | Visitação: 10h às 18h)

11046659_784490334969659_8177348674230600491_n

Exposição | Sala Almanaque | ARTE NA RUA – FOTOGRAFIAS DE LEO ZULLUH

Localizada no térreo, a Sala Almanaque, destinada a apresentar os projetos culturais da Fundação de Arte de Niterói e da Secretaria de Cultura, continua a apresentar a exposição Arte na Rua – Fotografias de Leo Zulluh, na qual são exibidos registros das atividades do projeto Arte na Rua pela perspectiva do fotógrafo Leo Zulluh. (Livre para todas as idades | Terça a domingo | Visitação: 10h às 18h)

10887674_767569646661728_6347283346843559322_o

Terça-feira, dia 07 de abril

A peça teatral O Leite da Jacaroa apresenta mais um espetáculo, abrilhantando o projeto Terças de Teatro. É importante ter em mente que atração começa sempre às 20h e a distribuição das senhas acontece 30 minutos antes. (Livre para todas as idades | Início: 20h | Duração: 60 min | Público: 60 pessoas | *Senhas distribuídas meia hora antes do início do espetáculo)

1008221_797101113708581_3796009047609657516_o

Quarta-feira, dia 08 e abril

O Projeto Quartas de Música é aberto pelo Palco Niterói Discos que apresenta o baixista, cantor e compositor Renato Rocketh, dono de canções marcadas por seu swing inigualável. O espetáculo é gratuito e começa às 20h, entretanto as senhas são distribuídas 30 minutos antes do início. (Livre para todas as idades | Início: 20h | Duração: 60 min | Público: 60 pessoas | *Senhas distribuídas meia hora antes do início do espetáculo)

RenatoRocketh_1

Quinta-feira, dia 09 de abril

Na quinta o Projeto Quintas da Palavra apresenta o debate cultural promovido pelo III Ciclo de Encontros Culturais, Linguísticos e Literários no Solar do Jambeiro. O encontro ocorrerá às 16h e as senhas serão distribuídas, como sempre, meia hora antes de seu início. (Livre para todas as idades | Início: 16h | Duração: 60 min | Público: 60 pessoas | *Senhas distribuídas meia hora antes do início do espetáculo)

Romulo e Remo (1)

À noite, o Quintas da Palavra continua, e às 20h apresenta o lançamento do livro (Re) Mando, de Fernando Campos, poeta, professor e morador de Niterói. Seu livro, composto por 29 poemas entoando Virginia Woolf e sua observação atenta de sutilezas da vida, é um verdadeiro convite para à apreciação da literatura de qualidade. (Livre para todas as idades | Início: 20h | Duração: 60 min | Público: 60 pessoas | *Senhas distribuídas meia hora antes do início do espetáculo)

Foto_Capa

Sexta-feira, dia 10 de abril / Sábado, dia 11 de abril

Sexta é dia de estreia no Jambeiro! Às 20:00 horas a Lobianco Produções realiza pela primeira vez no Solar a peça teatral “Eu Odeio Cássia Eller”. No sábado, dia 11 de abril os atores voltam ao casarão para mais uma apresentação.  Ingressos serão vendidos a partir das 19h e os preços variam entre R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia). (Livre para todas as idades | Início: 20h | Duração: 60 min | Público: 60 pessoas | *Ingressos vendidos pela produção da peça nos dias das apresentações do espetáculo)

Flyer

Domingo, dia 12 de abril

Já que o mês de abril veio recheado de novidades, não podemos esquecer que este domingo também é dia de mais uma estreia no Solar! Dando início às atividades do Projeto Nossas Orquídeas, a exposição “UM DIA NA VIDA DE ELAISA”, de Elisa Kayat definitivamente abre as portas do orquidário. Trata-se, na verdade, de fotografias que procuram narrar de forma lúdica e divertida um dia na vida da boneca de pano Elaisa, criada pela fotógrafa Elisa Kayat. A proposta é invocar a infância, através de uma percepção delicada da vida. Entre as 10h e as 18h, o público poderá conferir as obras expostas por todo o interior do orquidário. Abra o seu coração e permita-se ao encanto e a ternura da boneca Elaisa.  (Livre para todas as idades | Terça a domingo | Visitação: 10h às 18h)

Foto2

E Domingo tem criançada? Tem, sim senhor! Para aqueles que ainda não sabem sobre as programações infantis do Jambeiro, temos o prazer de informar que o Projeto Ciranda, Cirandinha, ao longo de todo o mês de abril conta com a participação do grupo HISTÓRIAS DO ARCO DA VELHA, responsável pelas contações lúdicas que farão os pequenos se divertirem de montão. “O Doce Mágico” será a história deste domingo, e seu início está previsto para as 11h da manhã. Lembramos que as senhas são distribuídas sempre meia hora antes do início, portanto, às 10h30. (Livre para todas as idades | Início: 11h | Duração: 60 min | Público: 60 pessoas | *Senhas distribuídas meia hora antes do início do espetáculo)

Foto

Fechando a programação da semana, o Projeto Sarau no Solar não poderia deixar de contemplar os amantes da boa música erudita. Às 17h, acontecerá o CONCERTO A 3, o trio, formado por Bruno Figueiredo (alaúde/teorba), Kristina Augustin (viola da gamba) e Rubens Küffer (flautas doces), se apresenta e promete emocionar os expectadores, vale a pena conferir! Não se esqueça de que as senhas são, como sempre, entregues meia hora antes do início do espetáculo. (Livre para todas as idades | Início: 17h | Duração: 60 min | Público: 60 pessoas | *Senhas distribuídas meia hora antes do início do espetáculo)

Foto

Agora que você já sabe de tudo o que está acontecendo por aqui, não perca mais tempo e corra para cá! Até porque, de acordo com pesquisas realizadas pelos mais prestigiados centros acadêmicos de todo o mundo, visitas regulares ao Solar do Jambeiro são capazes de liberar mais dopamina que duas barras de chocolate ao leite! Vem pro Jambeiro, lugar bom de se ver, lugar bom para se viver!

Programação semanal 31 de março a 05 de abril

Feriadão chegando, malas prontas e viagem garantida. Esta é de fato a realidade para muitos de nós no começo de abril. Mas para você que estará em Niterói nesta Semana Santa e já está entediado só de pensar em não fazer nada, o Solar do Jambeiro apresenta sua programação semanal, oferecendo uma ótima opção de cultura e lazer que mandará para longe o seu ócio mental!

Terça a domingo

Três exposições tomam conta do segundo andar do casarão e mostram que em 2015 o Jambeiro continua em pleno vapor!

A belíssima exposição de pinturas intitulada “A Praia”, do artista americano John Nicholson, fica até o dia 26 de abril e nos revela as deslumbrantes cores das praias cariocas, seu agitado cotidiano e suas particularidades. (Livre para todas as idades | Terça a domingo | 10h às 18h)

10982165_789357284482964_1600082840824270135_o

Inaugurando a Sala da Diversidade, a exposição “Eula – Um tributo à diversidade” apresenta a trajetória do artista transformista José Manoel Antiqueira, mais conhecido como Eula Rochard, um niteroiense que, com seus mais de 30 anos de carreira, tem contribuído para o movimento LGBT na cidade. (Livre para todas as idades | Terça a domingo | 10h às 18h)

11046659_784490334969659_8177348674230600491_n

Dando início à Sala da Resistência, a Comissão da Verdade em Niterói realiza a exposição “Ditadura em Niterói”, que busca apresentar alguns documentos e depoimentos relativos aos anos nos quais a cidade sofreu com o autoritarismo militar, atribuindo ênfase aos sombrios espaços de prisão e tortura de presos políticos. (Indicação: A partir de 14 anos | Terça a domingo | 10h às 18h)

10930074_784491331636226_2128871915489012973_n

No térreo, a Sala Almanaque, destinada a apresentar os projetos culturais da Fundação de Arte de Niterói e da Secretaria de Cultura, apresenta a exposição Arte na Rua – Fotografias de Leo Zulluh, na qual são exibidos registros das atividades do projeto Arte na Rua pela perspectiva do fotógrafo Leo Zulluh. (Livre para todas as idades | Terças a domingo | 10h às 18h)

10887674_767569646661728_6347283346843559322_o

Terça-feira, dia 31 de março / Quinta-feira, dia 02 de abril

O projeto Terças de Teatro apresenta mais dois espetáculos da peça “O leite da Jacaroa”, cujo tema central gira em torno da divertida história de um servo, que para atender ao desejo de sua patroa grávida, sai em busca do exótico leite de Jacaroa, com apenas algumas moedas e seus truques de sobrevivência. Com a sua esperteza posta à prova em todo o trajeto, conseguirá ele cumprir sua missão? Não fique curioso, venha conferir! (Início: 20h | Livre para todas as idades | Duração: 60 min | Público: 60 pessoas| Senhas distribuídas a partir das 19:30h)

 1008221_797101113708581_3796009047609657516_o

Domingo, dia 05 de abril

Pela manhã a criançada se diverte com o Projeto Ciranda, Cirandinha, que conta com a participação do grupo Histórias do Arco da Velha, responsável pelas contações lúdicas deste mês e, que neste domingo, contará a história da “Fada do Jardim”. Acorde os baixinhos mais cedo e não perca esta ótima oportunidade de se divertir em família! (Início: 11h | Livre para todas as idades | Duração: 40 min | Público: 60 pessoas | Senhas distribuídas a partir das 10:30h)

11072652_827077244014151_1300869926_n

À tardinha, o Solar do Jambeiro, com o projeto Sarau no Solar e em parceria com o Conservatório de Música de Niterói, tem o prazer de abrir suas portas para apresentar a talentosa harpista carioca Vanja Ferreira, dona de notória atuação pelo Brasil. Com refinada criatividade musical, ultrapassa as fronteiras da música erudita, alcançando assim os mais variados públicos e amantes da música em geral. (Início: 17h | Livre para todas as idades | Duração: 60 min | Público: 60 pessoas | Senhas distribuídas a partir das 16:30h)

unnamed

Agora você não tem mais motivos para não ficar em Niterói! Feche com a gente, venha ao Solar, lugar lindo de se ver, lugar lindo para se viver!